Kefir e Queijo de Kefir (receita também em video)


Depois de me terem feito uma doação de kefir, e de ter lido muito acerca dos seus efeitos benéficos para a saúde, comecei a fazer leite/iogurte de kefir com regularidade, segundo a receita abaixo. Cá em casa o Zé Maria e eu,gostamos bastante de batido com fruta e leite/iogurte de kefir - mas não gostamos simples porque é um bocadinho ácido. Depois descobri que se podia fazer um "iogurte" de kefir mais espesso ou queijo creme, e comecei a fazer bastantes experiências... Como vou sempre fazendo, passei a usar o leite/iogurte de kefir para os batidos e faço queijo creme de kefir que uso simples em todas as receitas que normalmente usaria queijo creme ou mascarpone, e uso também o kefir na sua forma normal de leite/iogurte para os batidos.
Como há sempre quem me pergunte como faço, desta vez um video a explicar todos estes passos. Como fazer o iogurte/leite de kefir, e também como fazer o queijo-creme (iogurte espesso), que podem utilizar simples ou temperar, como também explico na receita e servir como um dip.
Qualquer dúvida, deixem na caixa de comentários, que tentarei responder logo que possível.



Ingredientes:

2 colheres de sopa de grãos de kefir (poderá arranjar grão de kefir através de grupos de doação no facebook)
1 litro de leite do dia ou leite biológico

limão q.b.
sal e pimenta q.b.
ervas aromáticas a gosto q.b.
alho q.b.

Preparação:

(Nesta preparação, apesar de tentar explicar da melhor maneira possível, o video apresentado é bastante esclarecedor de todos os passos)

Num frasco de boca larga limpo e esterilizado, coloque os grão de kefir e junte o leite (Atenção que não deve tocar nos grão de kefir com utensílios metálicos). Tape depois com frasco com uma gase ou uma folha de papel de cozinha e prenda com um elástico. Guarde entre 24 a 48 horas - depende da temperatura ambiente e da época do ano - num local escuro, como uma despensa ou armário. Neste período de tempo, o kefir, que é uma espécie de fungo, vai coalhar o leite e torná-lo espesso. O produto final é uma espécie de iogurte natural, mas um pouco mais líquido e com um sabor um pouco mais ácido.
Ao fim das 24 a 48 horas, deverá estar um soro no fundo do frasco, e leite deverá estar “kefirado”, com um aspeto coalhado.
Coe depois a mistura, de modo a separar os grão de kefir do leite #kefirado” ou iogurte de kefir. Neste ponto, o leite/iogurte de kefir está pronto, e com os grãos deverá repetir todo o processo inicial. O leite/iogurte de kefir deverá ser guardado num frasco limpo com tampa no frigorifico, e poderá depois ser usado em batidos com fruta, ou comido como um iogurte natural, com granola e/ou fruta. (Pessoalmente não gosto muito do kefir ao natural, sendo que a maneira preferida de o prepararmos cá em casa - e que o Zé Maria também gosta bastante, é batido com fruta e canela.)

Para fazer queijo creme de kefir, deverá pegar no leite/iogurte de kefir que acabou de coar para separar os grão de kefir, e voltar a colocar num coador forrado com gase ou papel de cozinha, com uma taça por baixo. Coloque no frigorífico e deixe a coar cerca de 48 horas. Ao fim desse tempo terá um soro límpido na taça, (que poderá usar para fazer pão, bolos, scones ou até para beber) e no coador terá uma espécie de iogurte/queijo creme.
Cuidadosamente retire esse “quejo creme” e coloque-o numa taça. Poderá usar como iogurte grego espesso, ou queijo creme, em receitas de sobremesas e cheesecakes, como utilizaria qualquer outro queijo creme, iogurte ou mascarpone, ou poderá transformá-lo num dip para barrar tostinhas.
Para isso basta temperar a gosto o “queijo creme” de kefir com raspa de limão, alho ralado, sal e pimenta e ervas aromáticas picadas a gosto. Misture bem e está pronto a servir.


Bom Apetite!

5 comentários :

  1. Anónimo11:05

    Estava curiosa com o kefir e seus derivados.
    Quando era pequena, deram à minha mãe uma espécie de "planta" do leite, que o fermentava. Só sei que não durou muito, pois ninguém gostou muito na altura.
    Tenho que ver como isto se processa, e ver se corre melhor do que a experiência com a massa mãe do pão.
    Sei que o soro do leite e mesmo aquele que vem com o queijo mozarella, dá para usar em batidos e para iniciar a massa mãe (já vi receitas a iniciar com sumo de fruta).

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  2. Nem de propósito! Deram-me uns grãos de kefir mas, cá em casa, também não gostamos do sabor ao natural. Esta receita é muito bem vinda para variar do kefir com fruta. Em relação aos bolos e afins, atenção que o iogurte de kefir perde as propriedades benéficas se for aquecido.

    ResponderEliminar
  3. Já à muito tempo que não bebo iogurte kefir.
    Belo queijinho.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2017/07/asas-de-frango-picantes.html

    ResponderEliminar
  4. Uma pequena informação adicional: O "Kefir" é uma colónia de bactérias (lactobacilos) e leveduras que vivem de forma simbiótica, numa estrutura macroscópica a que se chamam "grãos". Mais info em https://pt.wikipedia.org/wiki/Kefir (Português) http://www.culturesforhealth.com/learn/milk-kefir/milk-kefir-grains-composition-bacteria-yeast/ (Inglês)

    ResponderEliminar
  5. Olá, tenho uma dúvida... tem sempre de se juntar leite ou pode juntar-se algum leite vegetal?

    ResponderEliminar

Imprimir